segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Enquanto eu acordo, você vai dormir; você me achou e eu te perdi...

Eu, geralmente, sempre ando sem destino... Deve ser esse gosto estranho pelo desconhecido, pelo não certo, pelo desafio, por não saber onde ir e nem como chegar. E, quase sempre, meus caminhos sem destino sempre me levam a lugares incríveis. Inconcientemente, eu me auto-desafio... A vida me dá um Menu de opções para escolher e eu sempre escolho o que não está no Menu. Não sei, deve ser o improvável que, quase sempre, é sempre mais interessante. Em todos (eu disse todos) os desafios da minha vida a primeira coisa que eu fazia era me entregar ao fato, para sentir o caso e saber onde eu estava entrando e com o que estava lidando. Sempre entreguei fácil meus desejos, meus sentimentos, minhas virtudes e talvez seja esse o meu erro de sempre. Não que eu me arrependa, pois vivi coisas maravilhosas com pessoas intensas, mas as marcas que a desilusão me deixa fazem doer e as vezes até me impedem de tentar caminhar novamente. 
Agora, eu não sei onde vou chegar dessa vez, mas mesmo conhecendo o meu erro eu insisto nele. Talvez eu cause mais dor ao próximo do que o contrário... Somente peço perdão e garanto: doeu e dói em mim também! Eu sempre me machuquei mas nunca morri, imagino que com todos seja assim.
Se um dia me faltar coragem, se um dia me faltar vontade de tentar algo novo, de me iludir de novo, de arriscar um novo alguém, um novo sentimento, nesse dia estarei morta ou morrendo aos poucos. (Raíssa C. Momesso)

4 comentários:

  1. Querida,

    A gente se arrepende é daquilo que não faz. E, "tudo aquilo que não te mata, te fortalece."

    Beijos!

    "Carpe diem!"

    ResponderExcluir
  2. Eu também estava beeeem sumida...
    ótimo texto, muito bom!!

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  3. olà
    fiz um blog novo e adoraria a sua presença por là
    me siga por favor
    www.amorimortall.blogspot.com
    obrigado
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Raíssa: É muito bom andar sem destino, a gente sempre se arrepende daquilo que deixamos de fazer lindo texto adorei. já estou de volta depois de duas semanas cheias de emoções, mas estou estramamente feliz.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir