segunda-feira, 5 de abril de 2010

Acende um cigarro, fica um pouco mais...

E eu vivo na espera de um dia você chegar de surpresa trazendo seu sorriso e querendo meu abraço. Na espera de um dia cruzar por acaso contigo na rua e você me convidar para tomar algo e passar horas sentada ao teu lado prestando mais atenção na sua presença do que na sua conversa, de perder meus compromissos e chegar atrasada em casa por culpa tua. E talvez você tambem viva na espera disso tudo, e nesse jogo de espera ficamos os dois, perdendo tempo de ser feliz com pequenos detalhes e surpresas fáceis e gostosas de acontecer. (Raíssa C. Momesso)

Um comentário:

  1. Nossa, adorei!
    Você escreve muuuuuito bem, sério (':

    Beijinhos ;*

    ResponderExcluir